De repente gastronomia e nutrição ficaram em alta, temos o 7o melhor restaurante do mundo, segundo o S. Pellegrino World’s 50 Best Restaurants, e o assunto mais falado do momento na televisão – Fantástico, Globo Repórter, Bem Estar, Mais Você, Hoje em Dia, Mulheres, Dia-Dia – é a alimentação saudável. Mas, um parece o oposto do outro. Gastronomia virou sinônimo de pratos chiques, caros, com ingredientes importados, preparações deliciosas, e o comer bem ficou ao alcance de poucos ou apenas para ocasiões especiais, já a nutrição virou sinônimo de comer “mato”, pratos sem graça e sem gosto mas que fazem bem pra saúde.

Porém, dando uma breve olhada no dicionário, parece que as coisas não são bem assim. Comida é o alimento, a refeição, aquilo que quando ingerido serve para nutrição dos tecido. Culinária é a arte de cozinhar, e a gastronomia também, mas tem um conceito mais profundo que visa saber escolher e saborear os melhores ingredientes e pratos de modo a retirar deles o máximo de prazer. Nutrição é o ato de nutrir, o processo de alimentação que envolve ingestão, digestão e absorção. Ou seja, precisamos da gastronomia para transformar a comida que vamos ingerir para nos nutrir.

Mas porque toda essa análise de conceitos e definições? Para você que está lendo entender que pode levar a gastronomia para sua casa de maneira saudável! Basta conhecer melhor algumas técnicas e ingredientes e treinar um pouquinho na cozinha de casa, e é isso que o “Ta na Mesa”quer trazer para você.

Aqui, você vai conhecer um pouco mais sobre a arte de cozinhar e sobre os alimentos, aliando a alimentação saudável e de qualidade ao prazer do paladar, além de conhecer técnicas, curiosidades, histórias, dicas e receitas que vão trazer mais praticidade e inovação para a sua mesa.
Para esse primeiro post, vamos aproveitar o embalo do friozinho que vem chegando e fazer uma sopa bem gostosa.

Sopa de cebola

Ingredientes:

  • 500g de cebola
  • 25g de manteiga
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo
  • 750ml de água
  • 1 cubo de caldo de frango
  • noz-moscada
  • sal
  • pimenta do reino
  • pão italiano
  • queijo ementhal ou gruyere

Rendimento:

3 porções

Preparo:

  • Em uma panela coloque a manteiga e deixe derreter.
  • Acrescente a cebola finamente picada e refogue até ficar bem dourada.
  • Adicione a farinha e misture bem.
  • Em outra panela ferva a água e dissolva o cubo de caldo de frango.
  • Junte o caldo à cebola.
  • Misture bem e deixe ferver.
  • Tempere com sal, pimenta e noz-moscada.
  • Distribua a sopa em cumbuquinhas.
  • Cubra com 1 fatia do pão italiano.
  • Coloque o queijo de sua preferência ralado por cima.
  • Leve ao forno para gratinar.

Nutrição:

A cebola é rica em alguns sais minerais como fósforo, ferro e cálcio, sendo um bom alimento diurético. Além disso, ela tem propriedades antioxidantes e auxilia como fator de proteção de doenças cardíacas.

Gastronomia:

A sopa de cebola é o que chamamos de sopa leve, ou seja, ela tem um caldo e os pedaços visíveis. Por isso, tome cuidado para cortar a cebola em fatias finas e iguais para que a apresentação do prato fique bonita. Uma boa maneira é cortar a cebola ao meio no sentido do comprimento e depois em fatias finas, também no sentido do comprimento (corte julienne).