Cientistas da Universidade de Purdue nos E.U.A.,estudaram o efeito de apenas meia colher de chá de pimenta caiena em um grupo de 25 indivíduos. Foram constatados efeitos termogênicos e supressores de apetite que auxiliaram no emagrecimento. Entre aqueles que não tinham o hábito de ingerir comidas apimentadas o efeito foi maior, reduzindo em 60 calorias em média na ingestão da refeição posterior. O tempero também induziu o organismo a queimar um extra de 10 calorias por conta própria, segundo dados da pesquisa. Mas é importante ressaltar que a pimenta em si não faz milagres, e é fundamental manter uma dieta equilibrada para poder usufruir desses resultados.

Além da pimenta caiena, existem outros alimentos que podem potencializar sua dieta. Veja alguns a seguir:

– Pimentões: contem uma substância chamada capsaicina que ativa a colecistoquinina, hormônio que suprime a fome, ajudando assim no emagrecimento.
– Açafrão: possui a curcumina que inibe a formação de placas de gorduras nos vasos sanguíneos e ajuda a aumentar os níveis de colesterol bom (HDL),
– Vinho tinto e uvas: tem propriedades antioxidantes que estimulam a redução de gordura dentro das células adiposas e a produção de adiponectina capaz de diminuir o risco de doença coronariana,
– Maçã e cebola: possuem a quercetina que é eficiente para reduzir os níveis de colesterol ruim (LDL), além de ter efeito antiinflamatório e anticancerígeno.